[ad_1]

Autor premiado em sua esteia com Jaboc (2005) chega à segunda obra com história sobre período da contracultura, ambientada na Curitiba de 1968 até os dias atuais

O escritor e professor Otto Leopoldo Winck promove pré-lançamento nesta quinta, às 19 horas, de seu segundo trabalho em prosa. O evento acontece no espaço Mímesis Conexões Artísticas.

Que fim levaram todas as flores é uma publicação em parceria Kotter /Patuá

Que fim levaram todas as flores é um romance histórico que se debruça sobre os encontros e desencontros de três amigos, Ruy, Adrian e Elisa, que se tornam adultos no final da década de 1960, inicialmente em uma minúscula cidade do interior do Paraná e depois em Curitiba. A história desemboca no século 21, com os impactos da passagem do tempo na sociedade e na trajetória dos personagens.

No texto de apresentação, a escritora Marcia Denser observa que a geração dos anos 60, recriada por Otto Leopoldo Winck, foi aquela que precisou romper totalmente com o passado e a tradição, ao mesmo tempo em que também foi a última que sonhou com a utopia absoluta. “No entanto, como todos sabem, o sonho foi breve, mas enquanto durou – um presente eternamente grávido de todo o futuro possível – ele foi bem real”, acrescenta Denser.

No evento, promovido pela Kotter Editorial, parceira na edição do livro junto à Patuá, de São Paulo, haverá sessão de autógrafos, leitura e bate papo com o autor. O lançamento oficial acontece dia 9 de novembro no Gilda Bar em Curitiba. Depois, dia 22 de novembro no Patuscada Livraria Bar & Café em São Paulo.

Serviço:

Que fim levaram todas as flores – pré lançamento de Otto Leopoldo Winck

24 de outubro – quinta – 19 horas

Mímesis Conexões Artísticas

Celestino Junior, 189 – São Francisco

Livro: R$64,90

[ad_2]

Source link

SHARE