Qual o papel do lúpulo na fabricação da cerveja?

O lúpulo é o principal ingrediente de aroma e paladar da cerveja.
Tornou-se popular nas cervejarias a partir de século XVI, principalmente após a proclamação de lei da pureza da cerveja, promulgada pelo duque Guilherme IV da Baviera, em 23 de abril de 1516.
O lúpulo trás amargor e aroma para a cerveja, os maiores países produtores são Alemanha e Estados Unidos.

O Lúpulo tem propriedades antibióticas que funciona como um ótimo conservante para a cerveja, pois evita a contaminação por bactérias, é uma planta tipo trepadeira que cresce apoiada a alguma estrutura, podendo atingir grandes estruturas.

Um dos processos mais famosos do lúpulo é o Dry Hoppyng, técnica de utilização do lúpulo na produção da cerveja. A técnica consiste em adicionar a planta nas etapas após o resfriamento, durante a fermentação ou maturação da cerveja, no processo são extraídos óleos essenciais trazendo mais aroma para a bebida. Se o lúpulo for colocado durante o processo de fervura, ou brassagem estes aromas se perdem.

Os estilos de cervejas onde se utilizam esta técnica são as Indian Pale Ale, (IPA), New England Ipa, (NEIPA), e American pale ale (APA).

Junior Neves

Junior Neves é mestre cervejeiro e chef de cozinha e colunista do Portal Curitiba Honesta

Please follow and like us:
Compartilhar